31 de maio de 2011

O mundo muda

Em mínimos passos
Feito por pessoas mudas
De pés descalços



De almas limpas
E salários ralos
De aparência mínima
E atos fartos

O mundo é mudo
De pés descalços
De almas mínimas
Cheia de calos

E muda o mundo
O ato mudo
Pra que barulho

Se o mundo é surdo?!

Um comentário:

  1. Ah Gui, fiquei tão feliz com seu comentário! Estava tão desanimada pra escrever, tão sem tempo... foi ótimo ler que tenho você como leitor!

    OBRIGADA! :D

    ResponderExcluir