21 de fevereiro de 2010



     Mais um dia assim como todos da semana, espera a noite não ancioso, mas como quem precisa ter a sensação de missão cumprida, humano por dádiva Divina e Santo por profissão. Durante o dia não se mostra grande pessoa, muito pelo contrário suas conversas não parecem de cristão e suas atitudes com certeza são satânicas, na volta para casa sem paciência no trânsito e assim segue seu dia, agora longe da agitação e do barulho da cidade em sua casa se disfarça de cristão, põe a melhor roupa, escolhe uma Bíblia nunca aberta, a dedo opta pela sua melhor máscara (era uma que sorria) e sai polidamente outro homem, com pés de lã sobe a rua, onde todos vêem aquele pôster ambulante do cristianismo nem há como não notar a Bíblia quase no peito, a roupa dizendo para onde iria, os comprimentos para pessoas sempre com sorriso, guardou o dia todo a gentileza para que não esgotasse a noite.
     Chega com vinte minutos de antecedência, já esta no primeiro banco para que todos vêem não se aquieta e em pé cumprimenta cada um que chega como se fosse convidados para sua festa, do banco a porta e da porta ao banco até que enfim começa, bate seu ponto e se senta, nas orações grita, gesticula, sinaliza, se empolga, Deus estava perto e em seu tom de voz deixava claro que a prece é para quem estava longe, as palavras difíceis e poéticas começavam a levar suas orações que tinham que ser traduzidas pelos anjos no caminho para não causar sono em Deus, pois quem trocaria um bom bate-papo por um discurso enfadonho?! Era tudo o que não passava em seu coração, era o contrario de tudo que foi o dia, eram palavras para autoridade e não para amigo, Deus prefere o respeito de autoridade, mas a proximidade de Pai, de amigo e de irmão. Novamente bate seu ponto deixa uma hora extra, e como cristão não conversa, partilha, ele o faz na saída dizendo seus testemunhos e falando de suas lutas contra o inimigo, que em muitas das histórias contadas nem o inimigo sabia que lhe atacara e no dia do juízo estará na banca o acusando por dano moral. Por fim chega em casa guarda a roupa, esconde a máscara para não perder põe na gaveta que deixou o cristianismo que o ficará até amanhã... E por hábito amanhã a noite.


“O Senhor disse: Esse povo se aproxima de mim só com palavra, e somente com os lábios me glorifica, enquanto o seu coração está longe de mim. O culto que me prestam é tradição humana e rotina” (Isaias 29:13)




“Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens, para serdes vistos por eles; de outra sorte não tereis recompensa junto de vosso Pai, que está nos céus.
E, quando orardes, não sejais como os hipócritas; pois gostam de orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa.
E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos.
Não vos assemelheis (...)” (Mateus 6:1.5.7-8)


“Nem todo aquele que me diz ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino do Céu Só entrará aquele que põe em prática a vontade de meu Pai, que está no Céu.
Naquele dia muitos me dirão: ‘Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos? Não foi em teu nome que expulsamos demônios? E não foi em teu nome que fizemos tantos milagres?’ Então Eu vou declarar a eles: Jamais conheci vocês.” (Mateus 7:21-23).

7 comentários:

  1. Gostei mutio do texto, peincipalmente dos primeiros dois terços, nos quais voce descreve um hipocrita que durante o dia tem uma atitude egoista e antisocial e a noite é um cristao, ou falso cristao.
    não consegui entender se voce é um livre pensador, cristao, ou de outra religiao... sei que é uma critica a hipocrisia relgiiosa, mas nao consegui entender se no final voce critica a igraja como instituição aparente ou exorta as pessoas a serem religiosos em tempo integral... essa duvida surgiu da citação de textos do livro sagrado dos cristaos..
    bem, de toda forma gostei bastante, caso queira acompanhar uma novelinha que estou escrevendo (ai assumidamente uma critica a exploração da fe alheia ) fique a vontade, ser a bem recebido
    Ibere

    ResponderExcluir
  2. A sociedade vive de máscaras. Mas certos tipos que pregam mereceriam mais é serem pregados.

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito de seu texto...
    Ficou bem claro o ponto de vista de um filósofo. Me alegro em dizer que compartilho a indignação por toda esta hipocrisia. Não consegui mais fingir que isto não acontecia, perambulei por várias religiões e acabei tendo que encontrar um sentido para a minha transcendência fora da igreja.

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do texto. E existem muitos que se diz Cristão, que busca uma posição perante o homem e não perante a Deus. Realmente há muitos Bigotismo.

    ResponderExcluir
  5. Defato Gostei do texto sim Gui e concordo plEnamente que existe pessoas assim,porem infelizmente pessoas desse tipo estao perdendo seu tempo, pois para DEUS nao existe meio termo ou é sim ou é não, ou vc é quente ou é frio, com DEUS não se brinca, se pode ate ter atitudes burras como essa mas porem se nao fizer uma escolha definitiva tudo se torna um perca de tempo, Porem tem que ficar bem claro para os leitores que " NAO SE ESPELHEM NAS PESSOAS PARA TOMAR AS DECISOES DA SUA VIDA, ESPELHEM SE EM DEUS, POIS ELE JAMAIS VAI FALHAR COM VC !" voces podem visitar todas as igrejas desse mundo indiferente de religiao, em todas havera seres humanos pecadores cheio de falhas mas a partir do momento que vc olha pra DEUS tudo muda, haaaaa mas como ver DEUS SIMONE COMO OLHAR PRA DEUS ?, tudo an Palavra leia a biblia quantas vezes for necessario se não enteder a leitura releia novamente seja persistente pois na hora certa o espirito santo te revelara e te dar todo entendimento, Afinal a letra mata e o espirito testifica, é isso meu amigo Parabens pelo Texto

    ResponderExcluir
  6. Muito bom texto. Realmente muitas pessoas se vestem de máscaras quando estão dentro da Igreja (ou indo para elas). São hipócritas que buscam a sua satisfação no olhar do outro e não naquilo que realmente é o sentido (Deus). Pobres, como citado, ja receberam a sua recompensa. Muito mais pobres por não terem essência e sim um buraco no lugar dela, onde a finalidade é passar-se por quem não é. Pobrérrimos por serem ignorantes e enganarem a si mesmos.
    É isso.
    Deus é a essência. O resto, como diz exatamente a palavra, é resto.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo blog
    Abraço

    http://cinemaparceirodaeducacao.blogspot.com/

    ResponderExcluir